terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Resenha: Jogos Vorazes - Suzanne Collins

Título: Jogos Vorazes
Série: Jogos Vorazes
Autor(a): Suzanne Collins
Páginas: 400
Editora: Rocco
ISBN: 9788579800245

Depois tantas recomendações entre os blogs, ficou impossível, tive que comprar Jogos Vorazes de alguma maneira. Fiquei tão feliz quando a Saraiva entregou que a ansiedade só aumentou para conhecer a trama deste livro.
Este ano não havia lido um livro tão bom quanto Jogos Vorazes, alcançando o posto de melhor livro do ano. (Desculpe Nora e Patch?)
Suzanne Collins apresenta um enredo inovador, cheio de ação, tensão, amor, ódio, ou seja, todos os sentimentos mais extremos são explorados em apenas 397 páginas.
Neste impressionante e premiado best-seller iremos conhecer uma sociedade dividida em 12 distritos chamada Panem. Esta sociedade é governada pela Capital de forma hostil e cruel, e quando digo cruel é que não há limites. A Capital para demonstrar o seu poder institui anualmente os Jogos Vorazes, uma competição anual onde um garoto e uma garota entre 12 a 18 anos de cada distrito são levados para uma arena e só um poderá sobreviver. E o pior os Jogos são transmitidos ao vivo como um Reality Show para toda Panem e todos os habitantes são obrigados a assistir. O prêmio para o vencedor é uma vida confortável.
A protagonista Katniss Everdeen, uma garota de 16 anos,  para proteger sua irmã vai para os Jogos Vorazes junto com Peeta um garoto do mesmo distrito. A partir desse ponto é melhor deixar para vocês descobrirem as influências desta escolha.
A autora narra a história pelo ponto de vista da personagem Katniss que apesar de ser só uma garota é uma personagem inteligente, forte, e muito madura. Nenhum personagem poderia ter sido melhor para descrever o que se passa no livro a não ser Katniss, que narra os fatos de uma forma tão natural como a fome, o medo, a insegurança, e o pior, a morte que você se pergunta meu Deus como essa garota sofre.
Todos os personagens representam um papel importante para a estória, onde a incerteza de quem é bom e quem é ruim está presente a todo momento. O livro é muito imprevisível, a cada página virada é uma supresa e faz você pensar: Eu não acredito que ela chegou a esse ponto. Pois é, não espere que Jogos Vorazes seja aquele livro onde tudo e todos tem um final feliz. (Infelizmente).
Os cenários e as sensações dos personagem são descritos com tão precisão e detalhes que você tem a sensação de estar dentro do jogo, sentindo sede e fome.
Jogos Vorazes é muito mais que um livro, é uma experiência, você se apega aos personagens, torce por eles, se surpreende, chora, tudo isso separado por uma linha tênue recheada de emoções, reviravoltas e momentos marcantes.
RECOMENDADO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba as últimas atualizações

Receba as novidades no seu email

Clique e some