sábado, 5 de fevereiro de 2011

Resenha: Cidade dos Ossos

Cidade dos Ossos ( Os Instrumentos Mortais, #1)
Autora: Cassandra Clare
Páginas: 462
Editora: Galera
ISBN: 97885087140
Ano: 2010
Nota: 5/5 (Ótimo)
Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria. 

Já conhecia a série The Mortal Instruments em razão das pesquisas que faço direto pelos sites Amazon e Book Depository. Como - ainda - não sei ler em inglês tenho que aguardar a publicação dos mesmos aqui no Brasil em português. 
Assim que a Editora Galera Record lançou Cidade dos Ossos aqui no Brasil fiquei ainda mais ansioso e as resenhas, promoções, e reviews só aumentavam as minhas expectativas. 
Assim que adquiri o livro fui conferir cheio de vontade um dos lançamentos mais comentados  do momento.

No ínicio, Cassandra "joga" o leitor para o Mundos das Sombras porem como é um mundo novo há muita informação, pensava que tudo estava perdido. Na segunda parte do livro em diante a narrativa torna-se mais clara e acima de tudo instigante.
  
O enredo é narrado em terceira pessoa onde o foco principal é na personagem Clary que desde o começo se mostra uma garota forte e corajosa. Querendo salvar tudo e a todos. Sim, ela tem um espiríto heróico. Jace o galã, é um dos personagens mais hilários principalmente pela suas falas irônicas e sarcásticas. Todos personagens do livro são bem marcantes e mesmo aqueles que tenham uma "participação especial" são significativos para a estória.

O livro tem um ritmo ótimo, me fez virar as páginas para saber o que aconteceria em seguida. Todos os capítulos possuem uma ação, um ponto positivo para o livro que não torna a leitura cansativa em nenhum momento.

Indispensável dizer que o livro traz muitas referências do mundo Pop, uma delas a série Harry Potter mas isso não é um fator negativo mas, criativo da autora que usou da imaginação para criar aqui, em Cidade dos Ossos situações que aparentemente possam parecer um exagero o que na verdade se encaixa perfeitamente naquela ação tornando tudo muito normal. "Como por exemplo pegar uma moto movida a sangue de demônio".

Os cenários apresentados são fantásticos, ora sombrios, ora alegres e coloridos o que achei interessante, isso fez com que "viajasse" ainda mais no livro. 

Um livro que começa com intenções por hora confusas vão se "diluindo" a cada página trazendo revelação, paixão, traição, e reviravoltas, muitas reviravoltas que vão deixá-lo de queixo caído, chegando a um final de tirar o fôlego. Claro que o livro deixa muitas lacunas para o próximo Cidade de Cinzas (previsto para Abril/2011) porem, isso não tira o mérito de Cidade dos Ossos ser uma das melhores revelações literárias de 2010. (Aqui no Brasil). 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba as últimas atualizações

Receba as novidades no seu email

Clique e some