quarta-feira, 2 de março de 2011

Resenha: Maze Runner - Correr ou Morrer

Maze Runner - Correr ou Morrer
Autor: James Dashner
Páginas: 432
Editora: Vergara & Riba
ISBN: 9788576832478
Ano: 2010
Nota: 5/5

Maze Runner foi adquirido na Bienal do Livro ano passado aqui em São Paulo, e por incrível que pareça só agora resolvi lê-lo.

O livro conta a estória do jovem Thomas que acorda dentro de um elevador em movimento. Sem entender o que se passa, Thomas não se lembra de nada apenas de seu nome. Quando o elevador para, ele encontra um grupos de jovens a maioria, praticamente da mesma idade. Todos vivem na Clareira, um lugar inóspito, rodeado por muros que - misteriosamente - se abrem de dia e se fecham a noite. Cercados por um misterioso labirinto que guarda muitos segredos e o pior criaturas horríveis. A missão dos Clareanos é conseguir sair deste lugar, só que para isso eles terão que não só enfrentar o misterioso labirinto, mas também outros perigos.

Essa escolha foi intensificada logo após eu ter lido Jogos Vorazes e Gone - O Mundo Termina Aqui,que aparentemente possuem um enredo similar, porém, não tem nada a ver uma estória com a outra.

Maze Runner é um livro bem original, possue um enredo bastante eletrizante que me obrigou a não largá-lo de maneira alguma. Isso deve-se ao  fato de que a ação, ou um diálogo se interrompe e continua no capítulo seguinte. Só nisso já dá para imaginar o quanto é ótimo.

O enredo do livro é bem interessante, com personagens marcantes e bem contruídos. O que me chamou a atenção é que James Dashner explora e muito seus personagens, seja emocionalmente, fisicamente e psicológicamente os levando as últimas consequências sejam elas para o bem ou para o mal.

A realidade da Clareira e os motivos pelos quais os personagens se encontram ali chega a ser sufocante, enlouquecedor o que me levou a questionar os motivos pelo qual eles se encontram ali.

Thomas o protagonista, segue a linha de novato e desentendido no ínicio, mas ao decorrer do enredo comecei a me surpreender com alguns segredos e incertezas do próprio personagem.

Os momentos de ação e suspense são magníficos, cheio de tensão, medo, ódio e intrigas. James Dashner soube construir muito mais que um labirinto de criaturas horríveis - Verdugos - mas um livro original e estranhamente "cativante". Uma estória cheia de reviravoltas e terríveis surpresas que podem ocorrer a qualquer momento. E mais Maze Runner é só o começo de uma trama ainda mais complexa do que um simples labirinto. Recomendado!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba as últimas atualizações

Receba as novidades no seu email

Clique e some