quarta-feira, 27 de abril de 2011

Resenha: Eu Sou o Número Quatro

Título: Eu Sou o Número Quatro
Autor: Pittacus Lore
Páginas: 352
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580570137
Ano: 2011
Nota: 4/5

Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Temos poderes com os quais vocês só podem sonhar. Somos mais fortes e mais rápidos que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes — mas somos reais. O planeta Lorien foi destruído. Os habitantes foram dizimados, exceto nove crianças e seus Guardiões, que se exilaram na Terra. Mas a raça que devastou aquele planeta os seguiu. Os Nove estão sendo caçados. A guerra deles chegou à Terra, e aqui será decidida.







O Número Um foi capturado na Malásia.
O Número Dois, na Inglaterra.
E o Número Três, no Quênia.
Eu sou o Número Quatro.
Eu sou o próximo.

A cada dia que passa as obras literarárias vão ganhando formas que evoluem com o tempo, esqueça ET - O Extraterrestre ou Sinais, pois, uma das melhores obras de ficção de que já vi até o momento é Eu Sou o Número Quatro.
O ambiente que os autores criaram em Eu Sou o Número Quatro é um cenário bem típico dos romances americanos: Escola, Amor Juvenil, Perigos e muito mais. 
John aparentemente é um garoto comum, só que na verdade ele e mais oito crianças fugiram 
de seu planeta Lorien dos Mogadorianos raça que destruiram seu planeta e agora estão atrás deles. Como os lorienos que escaparam só podem ser mortos em sequência, após a morte do nº3, Jonh começa a correr risco de vida pois, ele é o próximo.
A narrativa do livro é ótima, a linguaguem é simples, o que facilita no entedimento e imaginação das cenas descritas. Algo que merece destaque por ser um livro de ficção que geralmente fica difícil o entendimento de algumas coisas, mas em Eu Sou o Número Quatro isso não acontece, há vários momentos de ação, luta, fugas alucinantes e romance.
O livro por ser narrado por John não cansa, ele é um personagem prático, engraçado, inteligente e valente. O romance do livro não chega a ser aquela melação como em outros livros. 
Há alguns personagens que me cativaram ao longo da história como: o cãozinho Bernie Kosar, Sara (pelo qual as vezes pensava, queria uma dessas para mim), Sam, o amigo de John que apesar de ser meio burro em alguns momentos, agrada. E claro o próprio John.
A história apesar de se tratar de ficção científica aborda várias mensagens importantes para nós humanos como a preservação do meio ambiente, bullyng, a influência da tecnologia nas nossas vidas e muitos outros temas bem atuais, mas que são abordados dentro do contexto da história, fique tranquilo(a).
O final do livro é surpreendente e muito mais grandioso do que visto no filme, que embora tenha sido bacana não chega nem aos pés do livro. Ficaram algumas lacunas para a continuação The Power Of Six, que será lançado também pela Intrínseca. É isso, Eu Sou o Número Quatro um livro com uma narrativa simples que resulta em uma leitura prazerosa e apresenta um novo estilo de literatura fantástica. Recomendado!!! 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba as últimas atualizações

Receba as novidades no seu email

Clique e some